A notícia acontece, a gente informa

APAE realizará galinhada beneficente em prol de projetos, manutenção e despesas para a instituição


A galinhada acontecerá no próximo dia 28 de Abril de 2018, na sede da Apae, ingresso no valor de R$ 15,00,  que é localizada no bairro gabiroba

Gregório Cezário de Oliveira

Apresentando como objetivo arrecadar fundos para a instituição, a Apae irá realizar uma galinhada beneficente. Os recursos arrecadados serão voltados para a manutenção e atendimento dos usuários que são atendidos diariamente.

De acordo com Gregório Cezário de Oliveira e Polleyka Fraga, só a ajuda da Prefeitura não é suficiente, pois a despesa  da Apae é alta e precisamos da ajuda da sociedade. Ano passado fizemos o porco no tacho e foi muito lucrativa, porém não foi suficiente para cobrir as despesas.

Iremos agora para mais um evento e a Apae conta novamente com o apoio dos Araguaienses para conseguir dar continuidade aos projetos e ao atendimento dos usuários.

“Já temos outros projetos em andamento futuros para podermos angariar recursos a instituição e para melhoria ao atendimento com material que são utilizados pelos usuários, contando ainda com objetos que são utilizados na realização de atividades”, comentou Poleyca Fraga, uma das organizadora do evento, Gregório Cezário completou que pela dificuldade financeira fica até difícil matricular mais usuários.

Poleyca Fraga

A galinhada acontecerá no próximo dia 28 de Abril de 2018, na sede da Apae, ingresso no valor de R$ 15,00,  que é localizada no bairro gabiroba.

A APAE de Alto Araguaia foi fundada em 1993, iniciou suas atividades ainda nas dependências do antigo Colégio Padre Carletti (atual prédio da UNEMAT – Universidade do Estado de Mato Grosso). Hoje tem sede própria, inaugurada em 1998. Atualmente, atende 76 alunos, entre crianças, adolescentes e adultos, moradores dos municípios de Alto Araguaia e Santa Rita do Araguaia, alguns da zona rural. Possui uma equipe multiprofissional, contando com um quadro de 26 colaboradores, entre professores, pessoal de limpeza e manutenção, merendeira, zelador, motorista, dentista, fisioterapeuta, fonoaudióloga e enfermeira.

Esses profissionais atendem os alunos especiais, com variados tipos de deficiências, com idades que variam de 4 a 72 anos.

A entidade presta atendimento odontológico tanto para os alunos, pais, familiares e também à comunidade de Alto Araguaia. As consultas são feitas de segunda à sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h15 às 17h. O atendimento ao público é realizado somente por encaminhamento médicos dos PSFs do município, no sistema de agendamento de consultas. Além disso, o consultório da instituição também presta serviço de Raio X, que também realizado somente por encaminhamento médico. A cada retorno das aulas, os alunos são submetidos a consultas com o dentista.

 

Fonte: Araguaianews


// Você deve estar logado com seu perfil no Facebook para comentar. Este espaço visa promover um bom debate sobre o assunto tratado. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser excluídos.
Participe!