A notícia acontece, a gente informa

Casos do saudoso Araguaia Esporte Clube, (Pantera do Leste) time de futebol de Alto Araguaia-MT. (n°2)


 

Apresentação de Milton Pessoa Morbeck Filho

Do livro: Alto Araguaia dos Garimpos À soja

Autora: Altair Machado.

Da esquerda para a direita em pé: Cacildinho, Veni, Totó, Zé morcego, Cornélio, Pedro Lima, Dicão e Silvio Maia. Da esquerda para a direita agachados: Bitencourt, Wilsinho, Aldinor, Veadinho, Eli, Guegué e Escovinha (1959/1960). 

A primeira partida que o Pantera do Leste jogou à noite foi em Cuiabá contra o Dom Bosco, campeão cuiabano de futebol. Vitória essa arrasadora que deixou os cuiabanos boquiabertos, pois em 5 minutos de jogo, o Guegué marcou o primeiro gol, logo depois Fião marcou o segundo, e decorridos quinze minutos de jogo do 2° tempo o craque Wilsinho já tinha marcado 4 lindos gols contra o adversário; 15 minutos fantásticos da história do futebol do Pantera. Esse jogo foi realizado em 1959 e o time de Alto Araguaia ganhou de 6×1.

Segundo Pedro Rodrigues Lima, o jogador do Pantera que mais produziu em campo foi o artilheiro Wilsinho. Considerou também que o maior craque que passou pelo time foi o Oiama, podendo hoje compará-lo a um Romário, até mesmo porque era um tanto indisciplinado. Caso ele percebesse algum lance que representava incompetência do juiz da partida, ele tirava a camisa e deixava o campo gritando palavrões.

Senhor Itamar, um dos maiores laterais esquerdos do futebol paulista no início da década de 60, jogou no Botafogo de Ribeirão Preto e na Ferroviária de Araraquara e por último, no Pantera. Tão logo pendurou as chuteiras passou a ser treinador do time, ofício que realizou com muita garra e competência durante anos. Foi o grande responsável pelas conquistas do Pantera do Leste por todo Centro-Oeste brasileiro.

Segundo depoimento do Dr. Delvi da Cruz Bandeira, ex-jogador do Pantera, consta que Audinor, um craque de chute violento, passes ligeiros, fazia verdadeiras acrobacias com a bola, correndo em pequenos espaços, ele executava dribles consecutivos de impressionar. Na posição de atacante ele mostrou seu talento com as grandes jogadas que realizou.

Jairo, foi apontado por Delvi, como sendo o maior lateral direito que ele conheceu, por todos os lugares onde ele jogou bola. Nascido em Alto Araguaia, Jairo começou a jogar no Panteara do Leste como titular aos 17 anos. Fez ainda em seu depoimento referências ao jogador Totó, qualificando-o como o termômetro do time.

Além desses craques, muitos outros atletas da mais gloriosa equipe de futebol do Centro-Oeste na década de 60, souberam representar o seu povo, defendendo com raça as cores de sua bandeira.

Pantera do Leste-10 anos de glória! Nada mais justo como enumerá-lo como um time brilhante, um time de sonhos, um time respeitado, um time vitorioso e certamente podemos ainda considerá-lo uma “Marca Registrada” que colecionou admiradores por todas as partes, não deixando de prestar um serviço relevante ao município com a divulgação do nome Alto Araguaia, propagando não somente o valor esportivo, mas evidentemente outros de valor social.

 

Alto Araguaia, 28 de junho de 2018

Milton Pessoa Morbeck Filho


// Você deve estar logado com seu perfil no Facebook para comentar. Este espaço visa promover um bom debate sobre o assunto tratado. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser excluídos.
Participe!