A notícia acontece, a gente informa

CORONEL ONDINO RODRIGUES LIMA. POR MILTON PESSOA MORBECK FILHO


CORONEL ONDINO RODRIGUES LIMA

TEXTO ESCRITO POR MILTON PESSOA MORBECK FILHO

Hoje 14 de setembro é aniversário de nascimento do saudoso Coronel Ondino Rodrigues Lima, um dos homens com a maior folha de serviços prestados a Alto Araguaia e região.

Ondino Rodrigues Lima

Ondino Rodrigues Lima nasceu no dia 14 de setembro de 1895, na cidade de Carolina, estado do Maranhão. Juntamente com outros migrantes nordestinos veio para Mato Grosso seduzido pelos garimpos de diamante dos rios Garças e Araguaia e seus afluentes.

Nos anos 20 após uma viagem de 6 mêses navegando numa canoa inpulsionada por uma zinga, rio acima, chegou em Araguaiana-MT à margem do Rio Araguaia.

Serviu o exército em Corumbá, hoje Mato Grosso do Sul, onde por merecimento, foi promovido a Cabo, tendo em sua carteira de reservista de Ia categoria os maiores elogios do comando.

Através da lei nº 707 de 15 de Julho de 1915, chamada Lei da Concessão, sancionada pelo governador Joaquim Augusto da Costa Marques, o então governador queria entregar os garimpos de diamantes dos rios Garças e Araguaia para uma mineradora inglesa que seria hoje uma multinacional, com a exclusividade de garimpagem por 50 anos, o que iria deixar milhares de garimpeiros desempregados, sem ter para onde ir. Morbeck deu o grito contra o espólio do capital internacional.

Após alguns anos de intrigas entre governo e os garimpeiros liderados pelo Dr José Morbeck, em 1924 a situação ficou insustentável e eclodiu a revolução denominada de Morbeck versus Carvalhinho que na realidade foi um conflito entre Morbeck contra o governo de Mato Grosso, Carvalhinho foi simplesmente testa de ferro do governador.

De 1924 ao final de 1926, Sr° Ondino Lima  foi o comandante em chefe de campo das forças nacionalistas do grande chefe dos garimpos e líder político da antiga região leste de MT, Dr. José Morbeck, na luta contra os governos Pedro Celestino, Estevão Alves Corrêa e Mario Córrea da Costa.

Tendo comandado as forças de Morbeck na renhida luta, Sr° Ondino sempre teve um comportamento digno, o que lhe granjeou o respeito e admiração até dos inimigos. Criou fama de valente entre os valentes, mas o que mais marcou sua personalidade foi a generosidade na vitória. Nunca deixou que as forças sob o seu comando humilhassem prisioneiros. Tendo percorrido na luta por todo então leste mato-grossense, desde Poxoréo até Barra do Garças  e tendo Alto Araguaia como principal teatro de operações, Sr° Ondino pela forma como respeitava a população da região, fez-se querido e respeitado por todos.

Terminada a revolução com a vitória dos garimpeiros que consolidaram seus direitos de trabalho nos rios Garças e Araguaia, Sr° Ondino Lima contraiu núpcias na cidade de Jataí, estado de Goiás, com Aurora Zaiden tendo fixado residência definitiva em Alto Araguaia, onde exerceu por quinze anos o cargo de Juiz de Paz e o mandato de prefeito por eleição direta nos períodos de 1949 a 1951, de 1959 a 1961 e de 1969 a 1972, cumprindo três mandatos. Como vice prefeito na época, foi uma das pessoas que contribuiu pela vinda de Juscelino Kubitschek a Alto Araguaia como candidato a presidente da república no dia 24 de maio de 1955.

O Coronel Ondino Rodrigues Lima, como o povo carinhosamente o tratava, dedicou grande parte de sua vida a Alto Araguaia, onde teve dois filhos:  Memnon e Pedro. Dr. Memnon Rodrigues Lima, foi o primeiro filho de Alto Araguaia a se formar como médico. Pioneiro da medicina em alto Araguaia e Rondonópolis, o saudoso Dr. Memnon residiu por ultimo em Salvador, Bahia, onde prestava serviço em medicina social no Hospital Santo Antônio da saudosa Irmã Dulce. Dr. Pedro Rodrigues Lima, bacharel em direito, foi vereador, presidente  da  câmara,  prefeito em Alto Araguaia por breve temporada, auditor fiscal do tesouro estadual cargo pelo qual se aposentou e  deputado estadual em dois mandatos.

Com toda folha de serviços prestados a Alto Araguaia e Mato Grosso, Sr° Ondino  sempre será lembrado pelas suas qualidades de conselheiro e pacificador. Sempre tinha uma palavra de paz e concórdia, uma palavra de conforto e amizade.

A praça central de Alto araguaia e a rodovia ligando Alto Araguaia a Alto Taquari, em sua homenagem leva o seu nome.

Sr° Ondino Rodrigues Lima faleceu no dia 24 de setembro de 1978 e seu corpo repousa juntamente com sua esposa dona Aurora, no campo santo de Alto Araguaia.

Coronel Ondino Lima foi um homen de uma ética, moral e caráter difícil de se ver nas pessoas de hoje.

Alto Araguaia, 14 de setembro de 2018

Milton Pessoa Morbeck Filho.


// Você deve estar logado com seu perfil no Facebook para comentar. Este espaço visa promover um bom debate sobre o assunto tratado. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser excluídos.
Participe!