A notícia acontece, a gente informa

Hospital Municipal de Alto Araguaia efetuou mais de 82 mil procedimentos em 2017


Números evidenciam que mesmo com queda de receita no ano passado, unidade de saúde priorizou atendimentos

Números correspondem aos dados de 2017

A direção do Hospital Municipal Deputado Cacildo Hugueney, no município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá), apresentou esta semana um balanço dos procedimentos efetuados pela unidade em 2017. Os números revelaram que durante o ano passado foram 82.077 atendimentos diversos, entre consultas, exames, cirurgias, transporte e encaminhamento de pacientes. Os números correspondem a quase cinco vezes a população da cidade, estimada em cerca de 17 mil habitantes, segundo dados do IBGE de 2012.

A melhora da qualidade do atendimento da unidade é uma política pública do prefeito Gustavo Melo (PSB), que tem como prioridade a população e profissionais da saúde. As ações têm como foco a melhora da estrutura, compra de equipamentos e medicamentos para um atendimento humanizado, afim de contribuir com a rápida recuperação dos pacientes. A unidade possui 32 leitos e um centro cirúrgico. Por estar localizada em um município estratégico da região, também atende pacientes de vários municípios.

Segundo o balanço apresentado pelo superintendente da unidade, Alex Sander Azevedo, foram 49.883 exames laboratoriais e realizadas 25.766 consultas médicas incluindo urgência, emergência e procedimentos ginecológicos. O relatório revela ainda 950 exames de eletrocardiograma e outros 5.258 exames de Raio-X.

Somente no ano passado foram realizados 38 partos normais na unidade e 16 partos por meio de cesarianas, além de seis histerectomias de urgência, 76 procedimentos de pequenas cirurgias e 24 transportes de pacientes com UTI móvel. O relatório mostra que são encaminhados mensalmente, cerca de 60 pacientes para o Hospital Regional de Rondonópolis, por conta de procedimentos de urgência e emergência, que inclui ortopedia, traumas, ferimentos mais graves, entre outros.

O Hospital Municipal de Alto Araguaia conta com atendimento médico em duas especialidades, sendo ginecologia e obstetrícia. Os casos de urgência e emergência de pediatria são atendidos nas cinco PSF’s e em uma unidade hospitalar particular na própria cidade, por meio de convênio com a prefeitura.

COMPRA DE EQUIPAMENTOS – No relatório ainda consta compras de equipamentos para melhorar o atendimento a pacientes e acompanhantes. Os investimentos foram pontuais. Foram adquiridos um novo aparelho de eletrocardiograma, maca para urgência e emergência, um oxímetro de pulso, prancha de resgate, colares cervicais, cadeiras para acompanhantes e um aparelho de nebulização. Um monitor cardíaco, um aparelho desfibrilador e as três ambulâncias recebem manutenção constante.

Outra preocupação é com o quadro de servidores. O foco dos investimentos foi melhorar o ambiente de trabalho dos profissionais com a aquisição de mesa e cadeiras para o refeitório.

“A saúde é prioridade. Não medimos esforços mesmo com a frustração de receita em 2017. Fizemos um planejamento e a determinação do prefeito Gustavo Melo é manter essa rotina de investimentos para garantir o melhor atendimento a comunidade. Quero agradecer a todos os servidores públicos pelo trabalho desenvolvido no hospital municipal”, disse o superintendente.

FARMÁCIA DO HM – A Prefeitura não tem poupado investimentos para melhorar o atendimento público do setor de saúde no município. A farmácia do Hospital Municipal é abastecida com frequência. Em 2017, a estimativa é que a aplicação de recursos na compra de medicamentos chegou a mais de R$ 180 mil. “Nunca faltou medicamento de forma alguma na farmácia do hospital”, relata o superintendente.

 

Marcos Cardial | Assecom/AIA

 


// Você deve estar logado com seu perfil no Facebook para comentar. Este espaço visa promover um bom debate sobre o assunto tratado. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser excluídos.
Participe!