A notícia acontece, a gente informa

Maurão recua de disputar presidência da AMM e ainda não declara quem irá apoiar


O prefeito de Água Boa (a 747 km de Cuiabá), Mauro Rosa da Silva (PSD), o Maurão, preferiu ficar fora da disputa à presidência da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Com a desistência é praticamente garantida a existência de apenas duas chapas para disputar o cargo. São pré-candidatos o prefeito de Araguainha (467 km de Cuiabá), Sílvio José de Morais Filho (PSD), e o atual presidente da associação, Neurilan Fraga (PSD), que tentará o 3º mandato consecutivo.

Prefeito de Araguainha, Sílvio José de Morais Filho, do PSD, é pré-candidato ao cargo de presidente da AMM

Sílvio Morais garante que já conseguiu o apoio de 50 prefeitos até agora e deve encerrar essa semana com apoio de pelo menos mais 14. Do outro lado da disputa, o presidente da AMM, Neurilan Fraga (PSD) diz ter 80 prefeitos.

Fonte garante que os 80 prefeitos citados por Neurilan são membros de um grupo de Whatsapp criado pelo presidente para tentar garantir apoio dos colegas em prol de um terceiro mandato do ex-prefeito de Nortelândia na Associação, mas que nem todos os listados de fato o apoiam. A permanência no seleto grupo seria apenas uma forma de não contrariar o presidente. 

Por sua vez, Sílvio prega a ideia de renovação junto aos prefeitos e aposta em uma gestão baseada na luta pelos interesses dos municípios, sem deixar de apontar a necessidade de oxigenação na gestão da associação. Caso concretize a projeção do gestor, Silvio se tornará o prefeito do menor município do Estado a liderar os 128 municípios associados à AMM. 

Às 20h17 – Maurão diz que ficará fora da disputa

Por telefone, o prefeito Maurão informou que não deverá declarar apoio a nenhum dos candidatos neste momento, pois está fora da disputa e pretende manter neutralidade quanto à eleição da AMM.

Do RD NEWS


// Você deve estar logado com seu perfil no Facebook para comentar. Este espaço visa promover um bom debate sobre o assunto tratado. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser excluídos.
Participe!