A notícia acontece, a gente informa

Projeto Recordar é Viver reúne comunidade escolar de Alto Araguaia e promove conhecimento


Robilany Lima (Estágio) | Assecom/AIA

Adriana Moraes | Assecom/AIA |

O projeto cultural “Recordar é Viver”, promovido pela Escola Municipal Maria Julia de Almeida, de Alto Araguaia (MT), entra em sua quinta edição.  A ação tem o intuito de aumentar o conhecimento dos alunos através de experiências artísticas. Neste ano, a temática foi “Anos 60, 70 e 80” e contou com apresentações dos alunos para demonstrar características destes períodos. O evento foi marcado pela grande quantidade de público reunido na Quadra Antônio Farias da Costa, do Bairro Boiadeiro, na noite desta quinta-feira (09).

“A cada ano a gente faz essas apresentações. Eu acho que tende a engrandecer nossas crianças”, comenta a diretora da escola, Emy Maria Rezende.  De acordo com a Secretaria de Educação, o empenho da equipe escolar tem sido fundamental para a realização deste evento e da continuidade do projeto.

“No começo as apresentações eram realizadas no próprio pátio da escola, mas a festividade tomou grandes proporções e tivemos que promover em um espaço maior para melhor acomodar os alunos, pais e profissionais que trabalham”, enfatiza Kátia Almeida, secretária de Educação.

A mãe da aluna Gabrielly, Lidiane Queiroz, conta que a filha participa do projeto pela segunda vez e que a escola está de parabéns pela iniciativa. “Hoje em dia, infelizmente, às crianças passam muito tempo em jogos e acabam tirando o gosto da infância, e esse tipo de ação renova o espírito pela infância e aprender coisas novas. É um momento de alegria e diversão,” diz.


// Você deve estar logado com seu perfil no Facebook para comentar. Este espaço visa promover um bom debate sobre o assunto tratado. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser excluídos.
Participe!