Variedades

Adolescente é internada na UTI do PS de Cuiabá após contrair bactéria por compartilhar “bomba” de tereré

Divulgação

Por: Karollen Nadeska, o bom da notícia

Uma adolescente identificada como Maria Eduarda Almeida Ferreira, de 14 anos, está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, com a suspeita de ter contraído uma bactéria transmitida pelo “bomba” de terere (bebida à base de erva).

Segundo uma prima da menor, que não quis se identificar, o estado de saúde de Maria Eduarda é considerado grave. Ela está internada no PSM desde a última quarta-feira (16), quando veio transferida do hospital de Barra do Garças (520 km distante da Capital).

Os médicos ainda não souberam informar o diagnóstico de Maria Eduarda. A suspeita principal é que ela tenha contraído um vírus bacteriano através da saliva, após compartilhar objeto para fazer “consumo próprio” de bebida, com outras pessoas. Ainda de acordo com a família, a adolescente tinha o hábito de tomar terere com os amigos, cuja a “bomba” de sugar passava de “boca em boca”.

Após os primeiros sintomas, a jovem foi levada para o hospital de Barra, na primeira quinzena de dezembro do ano passado, onde surgiram as primeiras complicações e ela acabou sendo transferida em razão do seu quadro agravado.

Conforme a prima de Maria Eduarda, alguns órgãos da menor já estão paralisando e o fígado está inchado. Por conta disso, e das fortes dores, ela está sedada e se alimenta por uma sonda.

A equipe aguarda a chegada do resultado de um exame que Maria Eduarda fez quando chegou na unidade. Só assim, os médicos poderão discorrer sobre a situação do diagnóstico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar