Notícias

Alto Araguaia discute revisão e metas do Plano Municipal de Saneamento

PLATEIA
O encontro ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores.

Alto Araguaia, MT – O saneamento básico tem sido a área que conta com o maior volume de investimentos no município de Alto Araguaia (418 km de Cuiabá). Estão em curso obras importantes como a instalação da Estação de Tratamento de Água e de Esgoto e obras de drenagem para resolver problemas de alagamento na parte baixa da cidade. Na esteira deste processo, porém, está a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Nesta semana aconteceu uma audiência pública para apresentação do diagnóstico municipal, levantamento de dados para o prognóstico, que é a definição de prioridades a serem elencadas no Plano a curto, médio e longo prazo.

O encontro ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores. Embora a mobilização do Comitê de Execução e do Comitê de Coordenação do Plano Municipal de Saneamento Básico poucas pessoas acompanharam o encontro. De qualquer forma a reunião que discutiu o diagnóstico do Plano Municipal de Saneamento Básico transcorreu normalmente. A peça foi apresentada pelos integrantes do grupo de especialistas da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

O PMSB está sendo desenvolvido em 105 municípios do Estado de Mato Grosso por meio de convênio entre firmado entre a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e a Universidade do Estado de Mato Grosso (UFMT) e tem parceria do Governo do Estado e da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

O engenheiro Rafael Nicodemos Bruzzon apresentou o diagnóstico para discussão com a população. Na ocasião a Assistente Social Maria Jacobina, também do PMSB, realizou trabalho de mobilização no município.

A revisão do plano é obrigatória em períodos de no máximo até quatro anos. A cidade implantou o plano em 2013 e as discussões seguem em curso para implementação das ações das diretrizes para os próximos 20 anos e abrangem quatro áreas: abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem de água pluvial e manejo de resíduos sólidos domiciliares. Com esse planejamento, o município pode participar de editais e receber recursos para essas áreas do Governo de Mato Grosso e Governo Federal.

“A cada quatro anos é necessária a revisão de ações de implementação e das prioridades para a gestão municipal nas áreas do saneamento básico. O município de Alto Araguaia sai na frente, visto que estruturou o plano desde 2013. Com a peça será possível acessar novos recursos para serem aplicados em obras de saneamento. Esses encontros são necessários e ainda ocorrerão outros, visto que o plano está em execução e a administração pública trabalha no sentido de garantir a aplicação do que está previsto melhorando e ampliando os serviços de abastecimento de água, drenagem e manejo dos resíduos sólidos e esgotamento sanitário”, disse Luiz Carlos de Souza, engenheiro sanitarista membro do Comitê Gestor do Plano Municipal de Alto Araguaia.

 

Informações à imprensa:
Marcos Cardial – Assessoria de Imprensa
Contato: cardialsouza@gmail.com
(66) 9951-3010/9207-7767
www.altoaraguaia.mt.gov.br
Fanpage: Prefeitura da Cidade de Alto Araguaia
Twitter: @prefaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar