DestaquesTô Ligado

Atylla Borges e a excelente notícia para o desenvolvimento econômico de Alto Araguaia e região

O sócio da Euca Energy, Gilberto Goellner, informou que o projeto econômico do empreendimento já foi finalizado, faltando apenas as licenças ambientais para a implantação da fábrica de celulose. O investimento na indústria é de R$ 12 bilhões, mais R$ 1,2 bilhão, que serão investidos no plantio de eucalipto.

Por Atylla Borges de Oliveira Rezende

Olá meu Povo de Alto Araguaia, recentemente recebemos uma excelente notícia para o desenvolvimento econômico na nossa cidade e toda região. Com muita alegria que recebi a notícia de uma futura implantação de uma enorme indústria no ramo de celulose e de imediato comecei a vislumbrar as melhorias que podem ser consolidadas na nossa região.

Logo fui conversar com diversas pessoas e o que eu pude observar é que há uma grande esperança de finalmente recebermos de volta todos os investimentos feitos ao longo dos anos na nossa cidade e assim colhermos os frutos por termos acreditado. Criamos uma esperança por escutarmos e lermos que essa empresa seria a maior do mundo no ramo, que teria capital estrangeiro investido e que somados os investimentos giraria na casa dos 12 bilhões de reais. 

Mas ao mesmo tempo observei também um ceticismo devido ao fato de que ao longo dos anos também existiram diversas promessas, sejam elas eleitorais ou não, tais como a construção de uma usina hidroelétrica que geraria milhares de empregos na construção e que os royalties daria uma boa renda para os municípios de Alto Araguaia e Santa Rita do Araguaia, fato que infelizmente não ocorreu, tivemos também promessas para aproveitar a nossa capacidade hídrica como por exemplo empresas de exploração de agua mineral, fábrica da Brahma, Coca-Cola e Schincariol que também ficaram em promessas levianas e erros de políticos arcaicos que tinham medo de perder seus votos de cabrestos, teve o Frigorifico do Ladrão “roubou nossos sonhos”, ops perdão, digo Vadão que só lesou os cofres públicos com a famosa terraplanagem feita próxima ao córrego Boiadeiro no Bairro Boiadeiro que até hoje nem sequer recebeu um tijolo.

Observei então que em alguns estágios estávamos cansados e desiludidos com promessas, mas que nesse atual momento nós nos enchemos de esperanças e que desta vez tudo seria ou será diferente. Fui pesquisar e tentar saber mais sobre o assunto e mergulhando nesse mar de incertezas tive a “certeza” de que a área para a construção já foi adquirida, o que ainda não dá garantia, mas devido as reuniões que foram feitas na nossa cidade e em Cuiabá no Palácio Paiaguás com a presença do Governador do Estado, Prefeito de Alto Araguaia e Representantes, Ministério Público Estadual (MPE), Federação das Indústrias de MT (Fiemt), Famato, Fecomércio e da Empresa Euca Energy já nos daria ou dará uma certa garantia, certo? Ainda não. Tá, fui pesquisar a empresa citada na reunião em sites de buscas e encontrei o site dela e infelizmente nada aparece, apenas o logo, sem institucional, história, legado, simplesmente nada no site da empresa, fiquei descrente, mas continuei minhas buscas, daí fui pesquisar o representante da empresa e encontrei o Sr. Gilberto Flavio Goellner que por coincidência faz aniversário justamente no dia 19-02 no dia que sai a matéria da reunião, encontrei diversas referenciais, inclusive a da abertura da empresa citada que foi aberta no dia 19-04-18 com o sócio administrador Marcelo Santos Ambrogi, pesquisando mais sobre o Sr. Gilberto encontrei uma biografia no site da FGV o que me deixou muito contente e aliviado com o histórico, indo mais fundo nas pesquisas descobri que mais de 52 empresas são pertencentes ao Sr. Gilberto e que algumas dessas empresas atua no ramo citado na notícia e promessa, foi um alívio e novamente comecei acreditar e vislumbrar o melhor para a nossa cidade. Também por saber que o Procurador de Justiça do Estado (MPE) o Sr. Luiz Alberto Esteves Scaloppe ser de Alto Araguaia e por ter um carinho por essa terra não deixará algo de ruim acontecer.

Refleti então que dessa vez realmente enfim podemos ter um verdadeiro progresso na região com desenvolvimento econômico, mas de imediato veio meus anseios e preocupações, comecei a me questionar qual será realmente o futuro de Alto Araguaia? Será que vamos ter um desenvolvimento econômico apenas para os ricos? Teremos um desenvolvimento social de distribuição de renda, cultural e turístico de forma sustentável na região? Eis as questões.

O que me resta é torcer bastante e deixar sugestões aos nossos representantes:

De imediato elabore e construa um Plano Diretor, com diretrizes bem definidas, com políticas visando o curto, médio e longo prazo. Trabalhem com indicadores, trabalhem com números. Chega de achismo, vamos ser profissionais, com olhos de administrador visando “lucros”.
Procurem profissionais capacitados para um plano de expansão da cidade, procurem em instituições de renome nacional. Por exemplo um urbanista para não mais cometermos erros de construirmos ruas estreitas, casas coladas a rua sem calçadas, sem ciclovias, loteamentos sem planejamentos e infraestrutura não adequada. 

Observem e aprendam com exemplos de cidades que passaram pelo mesmo processo de expansão em curto prazo, vão até a essas cidades e pesquisem, perguntem e aprendam com os erros alheios.
Observem e aprendam com cidades que estão sendo geridas com ótimas e exemplares gestões, como por exemplo Lucas do Rio Verde – MT, Costa Rica – MS.

Invistam pesadamente em educação, desde o ensino fundamental, médio, superior e técnico.
Invistam em cultura e lazer. 
Invistam pesadamente em saneamento básico, desde uma excelente capitação e tratamento de agua quanto ao tratamento de esgoto.
Com a economia de deslocamento de todas as cidades da região poderíamos implantar um Hospital Regional na nossa cidade.
Invistam em turismo, nossa região tem um potencial gigantesco e não é explorado, desbravado, cuidado e aproveitado.

Invistam na reciclagem de tudo o que for consumido na região.
Invistam em segurança pública, com inteligência ao ponto de evitar o delito antes que o aconteça. Utopia? Talvez não, existem diversos meios capazes de conseguir evitar ou inibir.
Administrem visando um desenvolvimento sustentável.
Não abandone Santa Rita do Araguaia, uma cidade irmã merece todos os nossos cuidados e esforços para também trazermos investimentos para a nossa cidade irmã.
Ideias existem aos montes e se realmente essa indústria for implantada podemos ter a segunda ou terceira maior arrecadação do Estado, o que nos habilita termos um excelente IDH e uma excelente renda per capita. 
“Sonhos que podemos ter, somos quem podemos ser”.
ABOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar