Notícias

CARLOS IRIGARAY FILHO: Expedicionário na 2ª Guerra Mundial, exator federal, ex prefeito de Alto Araguaia-MT

Carlos Irigaray Filho

Carlos Irigaray Filho nasceu em Aquidauana (Hoje Mato Grosso Do Sul) no dia 05 de Maio de 1923

Texto escrito por Milton Pessoa Morbeck Filho

FONTE: Dr. Carlos José Teodoro Hugueney Irigaray e Francisco De Assis Irigaray.

Carlos Irigaray Filho nasceu em Aquidauana (Hoje Mato Grosso Do Sul) no dia 05 de Maio de 1923. Filho de Carlos Irigaray e Deonidia Espinosa Irigaray. Cresceu em sua cidade natal mudando-se posteriormente para Campo Grande-MS onde ingressou na carreira Militar.

Em Campo Grande-MS conheceu Dorothy Hugueney, filha do Major Carlos Hugueney a qual estudava naquela cidade. Assim que concluiu o curso ginasial em 1943, Carlos Irigaray deu baixa no exército como 1° Sargento e oficializou seu noivado com Dorothy.

Em 31/08/1942 o Governo Brasileiro havia declarado o estado de guerra, mas somente um mês após Carlos Irigaray Filho ter dado baixa no exército em 23/11/1943, foi criada a Força Expedicionária Brasileira (FEB). Quando se iniciou o recrutamento de soldados para irem lutar na Europa, abril de 1944, Carlos Irigaray Filho rompeu o noivado para alistar-se como voluntario nos quadros da FEB. Na oportunidade avisou sua noiva Dorothy que se voltasse com vida e ela ainda o quisesse poderiam se casar.            No dia 02/07/1944 o navio Americano USS General Mann partiu do Rio de Janeiro levando 5.379 pracinhas entre eles Carlos Irigaray Filho como ÚNICO VOLUNTARIO. No dia 16/07/1944 a FEB desembarca em Nápoles na Itália e inicia os combates apoiados por tropas americanas e inglesas. No dia 21 de Fevereiro de 1945 a FEB obtém uma expressiva vitória nos campos de batalha com a tomada do Monte Castelo, onde se situava uma base alemã estratégica que estava impedindo o avanço das tropas aliadas na Itália.

Carlos Irigaray contava que algumas operações foram feitas para tentar tomar de assalto o Monte Castelo, mas que elas sempre terminavam com uma chuva de bombas e morteiros que forçavam as tropas brasileiras recuarem.

Com a tomada do Monte Castelo as tropas da FEB avançam pela Itália e em 14/04/1945 ocupam Montese onde alguns regimentos alemães se renderam ás tropas brasileiras. Carlos Irigaray relatava que nas inúmeras vezes que capturaram soldados alemães, assim que se identificavam como exército brasileiro, os alemães comemoravam pois sabiam que seriam bem tratados. Havia sempre aquela camaradagem típica de brasileiro, distribuindo alimentos e cigarros entre os prisioneiros que eram tratados com respeito e cordialidade.

Em 02 de maio de 1945 a Itália se rende incondicionalmente e dois meses depois 18/07/1945 a Força Expedicionária Brasileira desembarca no Rio de Janeiro onde é recebida com festa e homenagens. Carlos Irigaray relatava que passou por uma avaliação médica e segundo o médico que lhe atendeu, era um dos poucos expedicionários que lutara na linha de frente (front) e voltara sem nenhum trauma. Ainda assim ele não suportava o barulho de fogos de artifício.

Regressando a Campo Grande reatou seu noivado com Dorothy com quem se casou logo em seguida, mudando-se para Alto Araguaia-MT, terra natal de Dothy, como ele a chamava.

Carlos Irigaray e Dorothy, Dulu como era conhecida em Alto Araguaia-MT, tiveram 10 filhos: Maria Amélia, Herotides, Nelson, Clóvis, Francisco de Assis, Luís Carlos, Maria Leonor, Carlos Teodoro, Beatriz e João Batista, dos quais quatro adotivos os quais foram criados e educados com o mesmo carinho e conforto dos filhos legítimos.

Em Alto Araguaia Carlos Irigaray desenvolveu diversas atividades, entre elas prestava serviços como responsável por comitivas que conduziam gado através do estado em direção ao estado de São Paulo. Foi designado como interventor na prefeitura de Alto Araguaia-MT durante o Estado Novo, tendo ocupado esse cargo por curto período, quando então foi nomeado coletor de impostos federais, função hoje correspondente a de exator federal. Como possuía um bom conhecimento do Direito, foi nomeado Promotor de Justiça para atuar em alguns processos. Naquela época não se exigia formação superior, que erá rara. Em 1968 deu inicio a um projeto pessoal que era a construção de um asilo para velhos em Alto Araguaia-MT, pois se preocupava com as pessoas idosas que eram abandonadas pela família. Essa construção que estava quase pronta foi invadida após seu falecimento.

Embora ocupasse um bom cargo publico, Carlos Irigaray retomou seus estudos quando já contava 44 anos, concluindo o curso técnico de contabilidade em 1970, tendo ingressado em seguida no Curso de Direito. Quando faleceu cursava o ultimo ano da faculdade e já havia avisado seus familiares quem assim que se formasse iria fazer medicina, que dizia ser seu sonho.

Embora fizesse questão de afirmar que não gostava de política, viu-se obrigado a colocar seu nome para disputar o cargo de prefeito municipal de Alto Araguaia-MT na eleição de 1972. Dizia depois de eleito aos seus familiares que seu anjo da guarda estava dormindo quando ele aceitou ser candidato. Carlos Irigaray foi eleito com boa margem de votos, tendo perdido em poucas urnas, uma delas a seção do então distrito do Taquari. Como prova de sua isenção e espírito publico, uma de suas primeiras obras foi a construção da Escola Municipal de Taquari-MT pois considerava a educação uma prioridade. Hoje é a Escola Estadual de 1° e 2° grau Carlos Irigaray Filho.

Ao finalizar seu discurso de posse no cargo de prefeito municipal de Alto Araguaia-MT, fez questão de assinalar: “Também o povo não deve ficar demasiadamente otimista e nem esperar que eu venha fazer milagres, longe disso. Venho isto sim, para governar com humildade e com honestidade, colocando a minha inteligência e os meus esforços em beneficio desta cidade e deste povo que amo, esperando contar sempre com a ajuda de todos e a proteção de Deus.”

À frente da prefeitura não se preocupou com obras de visibilidade e concentrou o inicio de sua administração no esforço de ampliar as salas de aula do município e também o fornecimento de água encanada e energia elétrica nos bairros da periferia.

Estava acompanhando as obras de asfaltamento da BR 364 dentro da cidade, na Av. Carlos Hugueney, quando precisou dirigir-se à sede da empresa responsável pela execução do serviço em Rondonópolis-MT. Ao regressar a Alto Araguaia-MT, faleceu em um acidente de veículo no dia 03 de agosto de 1974, com 51 anos, causando grande comoção na cidade.

Carlos Irigaray era uma pessoa honesta e bondosa, querido por todos que com ele conviveram, pois recebia com alegria e atenção indistintamente a todos que o procuravam. Aos que o conheceram deixou um grande exemplo de integridade, simplicidade, bondade e amor ao próximo.

Infelizmente as autoridades araguaienses ainda não fizeram uma justa homenagem a esse expedicionário da segunda guerra mundial, exator federal, e ex prefeito de Alto Araguaia-MT.

Agradeço a colaboração do Dr. Carlos José Teodoro Hugueney Irigaray e do meu amigo Francisco de Assis Irigaray, o qual lembra do pai que o adotou com boas lembranças, carinho e muitas saudades…

É com muita admiração e emoção que levo ao conhecimento do povo araguaiense quem foi esse ilustre cidadão, Carlos Irigaray Filho.

Alto Araguaia, 31 de Março de 2017.

Milton Pessoa Morbeck Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar