Destaques

Centro de Conciliação é implantado em Alto Araguaia

Alto Araguaia, MT – A Comarca do município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) foi contemplada com a implantação de um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania. A nova instalação funcionará em anexo ao Forum local com sala exclusiva de atendimento. A cerimônia de inauguração deu-se na manhã desta quinta-feira (25/9).

Autoridades do Poder Judiciário local e estadual, Poder Público Municipal e representantes de entidades marcaram presença na cerimônia. Os Centros Judiciários permitem que as pessoas solucionem conflitos de maneira mais rápida, tranquila e sem as pressões inerentes ao trâmite processual comum. O Centro de Conciliação instalado em Alto Araguaia tornou-se o 24ª inaugurado em Mato Grosso. Os Centros Judiciários estão subordinados ao Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflito do TJMT. A desembargadora Clarice Claudino da Silva, presidente do Núcleo e o juiz Hildebrando Costa Marques, coordenador, compareceram ao evento de inauguração no município.

A coordenação do Centro em Alto Araguaia ficará sob a responsabilidade do juiz de direito Carlos Augusto Ferrari.
A coordenação do Centro em Alto Araguaia ficará sob a responsabilidade do juiz de direito Carlos Augusto Ferrari.

Com a instalação do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania será possível solucionar litígios diversos. O objetivo é de resolver todas as questões com mais rapidez e menor custo que na justiça comum. Os centros também são responsáveis por realizar mutirões de conciliação.

A coordenação do Centro em Alto Araguaia ficará sob a responsabilidade do juiz de direito Carlos Augusto Ferrari. O objetivo é solucionar as demandas preferencialmente ainda na fase pré-processual e atender com maior rapidez as processuais já em trâmite garantindo mais rapidez e menor custo, utilizando métodos de mediação e conciliação como ferramenta de pacificação social.

A prefeitura do município de Alto Araguaia é parceria na instalação do centro. O secretário de administração, Romildo José de Oliveira, representou o prefeito Maia Neto (PR), que estava cumprindo agenda em Cuiabá, na solenidade de inauguração. Ao destacar mais essa parceria firmada com o Poder Judiciário, apontou que o centro é mais uma importante ferramenta para atender a comunidade. “É um momento histórico para Alto Araguaia e ímpar para a administração do prefeito Maia Neto. O centro é um avanço muito importante. Essa parceria é uma maneira de agilizar o atendimento à população e também aos advogados”, disse.

A meta do Tribunal de Justiça é de instalar os Centros de Conciliação em todas as Comarcas de Mato Grosso. “Esse projeto já atingiu quase 50% da nossa meta. É uma era de simplificação. O objetivo é somente o da pacificação e que agrade a ambas as partes. Inauguramos uma nova era em que os dois lados saem ganhando. Todo acordo mediado pelo centro será bom. Que essa cultura se prolifere e prospere abundantemente”, discursou a desembargadora Clarice Claudino da Silva.

O juiz de direito Carlos Augusto Ferrari, coordenador da central de conciliação local, disse que o objetivo é ‘quebrar o litígio’. “A administração de Alto Araguaia é parceria em diversos projetos desenvolvidos no município. Sempre tivemos a mão da prefeitura. Sempre ouvimos: vamos brigar na justiça. Aqui não é ringue. Soluções simples acabam se transformando em processos. Temos que mudar essa mentalidade. É conversando que se entende”, ressaltou.

Para atuar o Centro de Conciliação em Alto Araguaia, 24 voluntários da comunidade, maioria estudantes de direito, já estão realizando curso obrigatório para a realização das conciliações.

 

Informações à imprensa:
Marcos Cardial – Assessoria de Imprensa
Contato: cardialsouza@gmail.com
(66) 9951-3010/9207-7767
www.altoaraguaia.mt.gov.br
Fotos: Marcos Cardial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar