PERUCHI
DestaquesNotíciasVariedades

Comerciante já chegou a vender 50 litros de pequi por dia em Alto Araguaia

Além de comercializar produtos no centro, Waldecy vende também na Feira municipal aos domingos

Carlos André, repórter do site André da FM

O aroma predomina no centro de Alto Araguaia (MT), durante os meses de temporada do pequi. Um dos mais antigos vendedores ambulantes da fruta, considerada o ouro do Cerrado, está na Rua João Segundo, esquina com a Avenida Major Carlos Hugueney.

Waldecy Martins de Oliveira, 71 anos, conhecido como “Waldeci do Feijão”, chegou em 1982, veio de Caçú (GO), e desde então, tira o sustento da família a partir da venda do pequi, conserva, pimenta, Guariroba e mel de Abelha Europa.

Conforme Waldecy, quando o comércio está bom, comercializa 50 litros de pequi por dia e ganha líquido aproximadamente R$ 600,00 reais, somado aos outros produtos comercializados em sua camionete.

De acordo com o comerciante, os melhores meses para a venda da fruta são: agosto, setembro, outubro e novembro. O litro é vendido a R$ 10,00 reais. O pequi vem de Campo Azul (MG), finalizando as vendas no mês de fevereiro.

Propriedades do pequi
Estudos comprovam que o fruto tem ação cicatrizante, digestiva, gastro-protetora e anti-inflamatória. Rico em vitamina A, ácidos graxos, antioxidantes e fibras.

Além das formas de consumo citadas, o pequi também é encontrado como sorvete, licores, óleos, sobremesas e seu azeite também é usado para tratamentos de beleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar