Notícias

Em chapa única, Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável tem diretoria eleita com 23 votos

Participação maciça de representantes de entidades marcou mais uma reunião

Reunião definiu escolha por meio de eleição a diretoria do CMDRS

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) do município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) definiu a nova diretoria. O assunto havia sido deliberado em encontro realizado no dia 06 de fevereiro. A eleição ocorreu nesta quinta-feira (15) em mais uma reunião na sede da Prefeitura. Apenas uma chapa encaminhou indicação para ocupar o cargo de presidente, vice-presidente e secretário. Foram 23 votos favoráveis e seis abstenções. A partir de agora os conselheiros dedicam debates para reformulação do estatuto do conselho, assunto pauta da próxima reunião.

Com a definição da diretoria do CMDRS são os moradores da zona rural que ganham a oportunidade de se unirem e deliberar sobre políticas públicas de fomento a agricultura no município. A votação definiu José Carlos de Oliveira, representante da Secretaria de Administração como presidente; Luzia Amélia Freitas, da Associação de Pequenos Produtores Rurais do Cinturão Verde vice-presidente e Wanderlê de Castro Neto, representando a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEMAPA), o secretário do conselho.

Os conselhos municipais são espaços públicos de composição plural e paritária. Sua função é formular e controlar a execução das políticas públicas em áreas prioritárias da administração. Os conselhos atuam como canal de participação popular nas instâncias de governos municipal, estadual e federal.

Logo após a votação, o presidente eleito José Carlos de Oliveira afirmou que o Conselho vai executar um trabalho sério e comprometido e ressaltou que a participação de todos os conselheiros é fundamental e determinante para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a agricultura no município. Uma primeira agenda de trabalho foi definida pela nova diretoria. O objetivo é visitar as instituições bancárias de Alto Araguaia e buscar informações sobre linhas de créditos para produtores rurais.

“Vamos fazer um trabalho voltado para o desenvolvimento da agricultura de Alto Araguaia. É importante que os conselheiros tragam as contribuições para deliberarmos. O conselho é de toda a comunidade araguaiense”, disse o presidente eleito.

ENTIDADES COMPÕEM CONSELHO – O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável é composto por representantes de 29 entidades. Entre as quais estão a Associação dos Apicultores do Vale do Araguaia (AAVA); Associação de Pequenos Produtores rurais do Cinturão Verde; Associação Maçônica; Projeto de Assentamento Gato Preto; Associação Projeto de Assentamento Topázio Córrego Rico; Associação de Produtores e Moradores da Região do Córrego Rico e Adjacências (ASCOR); representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Sicredi; Câmara de Vereadores, Centro de Referência em Assistência Social (CRAS); EMPAER; Feria Livre Municipal de Alto Araguaia; INDEA; Rotary Club; SEFAZ; secretarias municipais de Assistência e Desenvolvimento Social, de Administração, de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEMAPA), de Educação, Indústria e Comércio, Meio Ambiente, de Obras, Infraestrutura, Transporte e Frotas, de Saúde, Finanças; representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais; Sindicato Rural Patronal e Unemat.

 

Marcos Cardial | Assecom/AIA |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar