Destaques

Energisa realiza mudança na conta de luz e esclarece boatos de golpe

Do Agro Olhar

Mudanças na conta de energia elétrica deixaram os consumidores em Mato Grosso ressabiados e suspeitando que contas falsa vinham sendo impressas por uma quadrilha. De acordo com a concessionária Energisa, as contas de luz no estado passaram por duas alterações na forma de apresentação do número da “Unidade consumidora”.

O boato de uma possível aplicação de golpe de quadrilha através da conta de luz circula nos últimos dias em redes sociais e grupos de aplicativos. A Energisa Mato Grosso esclarece que as contas de energia elétrica em Mato Grosso passaram por mudanças na forma de apresentação do número da “Unidade Consumidora (UC)”, o que acabou deixando os consumidores em dúvidas e desconfiados de estarem sofrendo algum tipo de golpe de pessoas mal intencionadas.olhar energisa

“A primeira alteração é a colocação do algarismo 6 antes do número da UC. A segunda é a transformação do último número em um dígito verificador. Por exemplo: a UC 20131985 perdeu o último número, que era um 5, a ganhou o dígito verificador 3. Ficou assim: 6/2013198-3. Porém, na prática, não há mudanças para o cliente. O número 6 é apenas a identificação de Mato Grosso no Grupo Energisa – e o dígito verificador não precisa ser informado no momento do atendimento. Por isso, se o cliente entrar em contato e informar o número como era antes, os atendentes conseguirão localizar o cadastro”, esclarece a Energisa.

Conforme a concessionária de energia, desde a última terça-feira, 08 de dezembro, uma mensagem passou a ser impressa nas contas para informar aos seus clientes sobre as mudanças.

A concessionária explica que a nova fatura possui campos realçados e com fundo colorido, o que permite fácil visualização das informações, como é o caso do valor a ser pago, da data de pagamento e consumo.

“Todas as informações necessárias ao cliente foram mantidas, incluindo o histórico de consumo dos últimos 12 meses, para que ele tenha maior controle e compreenda como seu consumo varia de acordo com a época do ano”, pontua a Energisa.

A estimativa da Energisa é que pouco mais de 1% das cerca de 1,3 milhão de unidades consumidoras em Mato Grosso tenham o número alterado. “São, na maioria, casos em que várias unidades estão em nome da mesma pessoa e, com a mudança nos sistemas, a manutenção dos números antigos não foi possível. Porém, também nessas situações, os atendentes conseguem localizar o cadastro com base no número antigo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar