Notícias

Escolas em Alto Araguaia não terão aula nesta terça-feira para discussão da Base Nacional Comum Curricular

FOTO: ASSESSORIA

Marcos Cardial | Assecom/AIA 

As escolas da rede pública municipal de ensino não terão aula nesta terça-feira (6) no município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá). O anúncio partiu da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) em forma de orientação aos pais e alunos. O motivo é que os profissionais da educação estarão diretamente envolvidos em diversas ações voltadas para o Dia D de mobilização nacional em torno da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil e do ensino fundamental. Para as escolas estaduais não haverá paralisação e a Prefeitura manterá o transporte dos alunos.

Participam das discussões as secretarias estaduais e municipais de educação, escolas e professores. Entre as atividades previstas estão apresentações informativas e dinâmicas, visando o engajamento dos profissionais da educação no processo de concretização do currículo comum. Em Alto Araguaia, os professores e direção de cada escola devem fazer os estudos em cada unidade de ensino. Os profissionais da zona rural devem se encontrar no prédio da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Os pais e alunos devem ficar atentos. A rede municipal de ensino em Alto Araguaia conta com 10 unidades, que atendem cerca de 1.600 alunos entre a educação infantil e o ensino fundamental. São seis escolas urbanas e quatro na zona rural. Ano letivo 2018 começou no dia 12 de fevereiro. Segundo a Secretaria de Educação não haverá prejuízo para o calendário escolar, visto que o dia será dedicado à formação dos professores sobre a Base Nacional Comum Curricular.

O QUE É A BNCC – A Base Nacional Comum Curricular foi homologada em 20 de dezembro de 2017. O documento, que apresenta os conhecimentos, competências e habilidades considerados essenciais no processo de aprendizado dos estudantes brasileiros ao longo da educação básica e servirá como referência para a formulação dos currículos dos sistemas e das redes escolares estaduais e municipais.

O documento que já está em vigor trata apenas das diretrizes para os currículos das escolas de educação infantil e ensino fundamental. Já a base para o ensino médio deverá ser enviada pelo Ministério da Educação ao Conselho Nacional de Educação até o fim de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar