PERUCHI
Notícias

Estudantes participam da 51ª edição do Projeto Recuperando Nascentes

IMAGEM DIVULGAÇÃO ASSESSORIA
IMAGEM DIVULGAÇÃO ASSESSORIA

O envolvimento da comunidade em ações de sustentabilidade e o compromisso com o social foi reforçado pela cooperativa Sicredi Sul na manhã de sábado (12/11), durante a 51ª edição do projeto Recuperando Nascentes, realizado na Fazenda Sapé, na BR 364 – KM 217, há 17 km de Rondonópolis.

            Alunos e professores da Escola Estadual Santo Antônio, de Rondonópolis, e colaboradores da cooperativa participaram desta edição. Com idade entre seis e sete anos e mesmo com pouca habilidade para o plantio, os

os 21 alunos do 1º ano ‘A’ chamaram a atenção durante a atividade.

            De acordo com a professora, Regiane Pradela da Silva Basto, a ideia é incentivar a prática de cuidados com o meio ambiente. “Por meio dessa ação podemos ensinar os pequenos a praticarem uma atividade que vai trazer bons resultados no futuro. Nós buscamos formar cidadãos mais conscientes e aqui é uma oportunidade para conscientizá-los sobre a importância da água, das plantas, e mostrar porque nossas atitudes refletem de maneira direta na degradação do meio ambiente”, ressaltou a professora.

            Ao todo 1.100 mudas de diferentes espécies típicas do cerrado brasileiro foram plantas, entre elas a variedade de Ipês e o Flamboyan – considerada uma das árvores mais belas do mundo, devido ao intenso colorido de flores.

            Para o proprietário da fazenda, Zanete Ferreira Cardinal, a iniciativa é vai trazer retorno para sua propriedade. “Quero muito estar vivo para daqui dez anos chamar todos que aqui estão hoje e, junto comigo, prestigiar o retorno da água jorrando nessa área. Minha propriedade possui sete nascentes e somente essa que estamos recuperando hoje era degradada. Estou muito alegre, pois estou vendo o tamanho do empenho da equipe da Sidredi Sul ao desenvolver essa atividade”, destacou o proprietário.

            O vice-presidente do Sicredi Sul, Antônio Carlos Dourado, agradeceu a todos os colaboradores da ação, os proprietários da Fazenda Sapé e destacou a importância dos 51 meses ininterruptos do projeto. “Chegar com o projeto até aqui é uma imensa satisfação, ação que vem beneficiando nossos associados e a comunidade em geral. A cada edição levamos para casa a sensação de dever cumprido”, frisou o vice-presidente.

            Antônio Carlos também ressaltou que a participação ativa da sociedade nas últimas edições do projeto é uma forma de mostrar o trabalho desenvolvido pela cooperativa ao longo dos anos. “Quero dizer que é muito bom ter escolas e a comunidade em geral participando de nossas ações, pois isso nos aproxima da sociedade, assim como também conscientiza a população sobre a importância dos cuidados com nosso meio ambiente”, afirmou.

Pauta Pronta Comunicação Corporativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar