Destaques

HOMENAGEM: Assembleia faz sessão especial em homenagem aos 50 anos da Famato

assembleiaEm alusão aos 50 anos da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), comemorados hoje (16/12), a Assembleia Legislativa (AL-MT) realiza uma “Sessão Especial”, de autoria do deputado estadual Emanuel Pinheiro, com o intuito de celebrar e homenagear a instituição. Serão agraciados com “Moção de Congratulação” a diretoria plena, ex-presidentes, os presidentes dos Sindicatos Rurais e colaboradores do Sistema Famato. A solenidade será realizada na noite de quinta-feira (12/12), às 18h30, no Plenário das Deliberações “Deputado Renê Barbuor” na dependência da Casa de Leis.

Para o deputado Emanuel Pinheiro homenagear a instituição responsável por mais de 50% da economia de Mato Grosso é um grande privilégio. “Essa homenagem nada mais é que o reconhecimento desta Casa de Leis para um setor tão importante como o agronegócio. São 50 anos de trabalho prestados à sociedade mato-grossense. A Famato representa o coração do agro mato-grossense”.

Ao longo de seus 50 anos, a Famato trabalhou para atender as demandas dos produtores e trabalhadores rurais do Estado. Definiu e elaborou políticas regionais e programas especiais de desenvolvimento para o setor, defendeu em juízo os legítimos interesses dos produtores rurais por meio de ações coletivas como mandado de segurança coletivo, ações civis e públicas. A instituição também assessorou e orientou os produtores sobre assuntos relacionados ao setor que abrangem as áreas de crédito rural, assistência técnica, extensão rural e reforma agrária e contribuiu com qualificação de mão de obra por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), instituído em 1994.

De 1957 até 1963, os produtores rurais eram representados pela Federação das Associações Rurais de Mato Grosso (Farmato) – formada por 26 Associações Rurais. De “Associação”, a Farmato foi transformada em Federação Sindical por meio da Carta Sindical expedida no dia 16 de dezembro de 1965, subscrita pelo Ministro do Trabalho da época, Walter Perachi Barcelos, passando a denominar-se Federação da Agricultura do Estado de Mato Grosso (Famato). Mais tarde, a “pecuária” também foi agregada ao nome da entidade transformando-se em Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato).

Após a investidura sindical da Famato, as Associações Rurais seguiram o mesmo caminho transformando-se em Sindicatos Rurais. Com a divisão do Estado, em 1979, Mato Grosso ficou com 14 sindicatos localizados nos municípios de Alto Araguaia, Arenápolis, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Diamantino, Dom Aquino, Jaciara, Nortelândia, Poconé, Poxoréo, Rondonópolis e Rosário Oeste. Hoje somam 89 espalhados em diversos municípios.

A Famato, entidade de classe que representa 89 Sindicatos Rurais de Mato Grosso, completa 50 anos no dia 16 de dezembro de 2015. Ao longo dessas cinco décadas levantou diversas bandeiras em prol do produtor. Lidera o Sistema Famato, composto pela Famato, Sindicatos Rurais, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Essa trajetória é celebrada graças ao trabalho dos produtores rurais e dos colaboradores. Acompanhem nossas redes sociais pelo www.facebook.com/sistemafamato e @sistemafamato (instagram e twitter) #Famato50anos.

 

SERVIÇO

O que: Sessão Especial para homenagear a Famato pelos 50 anos

Quando: 17 de dezembro (quinta-feira) – Horário: 18h30

Onde: Plenário das Deliberações “Deputado Renê Barbour” – Assembleia Legislativa de MT

Fonte: Ascom Famato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar