IMUNIZAÇÃO: Vacina anticovid em grupo de comorbidades avança para pessoas de 50 a 54 anos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Agendamento é realizado por telefone nas unidades de saúde. Pessoas do grupo prioritário devem apresentar documento que comprove comorbidade

 

As pessoas com comorbidades que tenham idades entre 50 e 54 anos podem agendar para receber a vacina anticovid em Alto Araguaia (MT). O grupo prioritário das comorbidades foram definidos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19 (veja relação abaixo).

O agendamento é realizado por telefone junto as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Este novo grupo começa a ser imunizado a partir desta quarta-feira (05).

Para receber a primeira dose, a pessoa deve, além de apresentar documento com foto, carteira de vacinação e cartão SUS, comprovar que convive com a doença pré-existente. A comprovação é válida por meio de exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica.

A vacinação é realizada de segunda à sexta-feira, das 7h às 11h. Também pode se vacinar pessoas com idades entre 55 e 59 anos que ainda não foram vacinados.

ORIENTAÇÃO – O município de Alto Araguaia suspendeu preventivamente o uso da vacina Covid da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e nota técnica da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES/MT).

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o grupo pode ser imunizado com outras vacinas disponíveis, como a Coronavac. “O município conta, atualmente, apenas com doses da astrazeneca, o que inviabiliza, conforme orientações de órgãos superiores, a imunização de gestantes. Assim que recebermos doses da coronavac vamos agendar e abrir vacinação para o grupo”, explica o coordenador da atenção básica, Cleomar Vilela.

 

DOENÇAS E COMORBIDADES – Fazem parte do grupo prioritário da terceira fase da campanha de vacinação, pessoas com Síndrome de Downs, doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 50 a 54 anos.

Ainda, doenças e comorbidades como, anemia faciforme, arritmias cardíacas, cardiopatia hipertensiva, cardiopatias congênitas no adulto, cor-pulmonale, doenças cerebrovasculares, diabetes melitus, dispositivos cardíacos implantados, doença renal crônica, doenças reumáticas, da Aorta e dos Grandes Vasos, fístulas arteriovenosas.

Aqueles que possuem hipertensão arterial, hipertensão arterial resistente (HAR), hipertensão pulmonar, imunossuprimidos, insuficiência cardíaca (IC), miocardiopatias e pericardiopatias, obesidade mórbida (IMC > 40), pneumopatias crônicas graves, próteses valvares, Síndrome de Down, síndromes coronarianas, valvopatias, também fazem parte do grupo.

Para comprovar o direito às doses, a SMS recomenda que as pessoas apresentem um laudo médico, exames ou prescrição. Caso não possua, devem procurar atendimento médico para que possa garantir o documento de acordo com a comorbidade. Em eventuais casos poderá ser utilizado o cadastro do paciente nas unidades de saúde, que já possui o histórico do paciente.

 

 

LISTA DE TELEFONES POR UNIDADE BÁSICA

UBS Manoel Marques de Souza (COHAB): (66) 3481-3014

UBS Celso Siqueira França (CENTRO): (66) 3481-1393

UBS Gair de Barros (BAIRRO GABIROBA): (66) 3481-3010

UBS Ondino Rodrigues de Lima (VILA AEROPORTO): (66) 3481-3013

UBS Vanessa Welter (NOSSA SENHORA APARECIDA): (66) 3481-3143

Shopping Basket
%d blogueiros gostam disto: