Mulher é presa suspeita de matar o marido a tiros e alega ter sido agredida por ele em MT

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Ela disse à polícia que o marido chegou embriagado em casa e começou agredi-la. Durante a briga, ele teria tentado pegar uma faca, momento em que atirou contra ele.

Uma mulher de 34 anos suspeita de matar o marido a tiros foi presa em flagrante, em Campo Novo dos Parecis, a 396 km de Cuiabá, nessa segunda-feira (6). À polícia, ela confessou o crime e disse que era agredida pelo companheiro constantemente e que o matou enquanto estava novamente sofrendo agressões.

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu no Bairro Jardim das Palmeiras. No local, os policiais encontrando Antonio Bertolino de Souza, de 27 anos, já sem vida, com três ferimentos de disparos de arma de fogo.

Segundo a polícia, a mulher dele estava no local e durante a conversa com os policiais tentou negar o envolvimento no crime, mas depois confessou a autoria, alegando legítima defesa.

A mulher disse aos policiais que o marido chegou em casa por volta das 2h, embriagado e começou a agredi-la com socos, chutes e puxões de cabelo.

Conforme depoimento dela à polícia, durante as agressões, o homem ainda teria ido até a cozinha para pegar uma faca para tentar matá-la, foi quando ela pegou a arma de fogo que estava escondida debaixo de um colchão e efetuou os disparos.

A suspeita entregou a arma usada no crime e foi encaminhada à Delegacia de Campo Novo do Parecis, onde foi autuada em flagrante pelo homicídio.

A polícia informou que as investigações continuam para apurar se de fato a suspeita era vítima de agressões praticadas pelo marido, uma vez que não há registros anteriores de ameaça ou lesão corporal envolvendo o casal.

DO G1-MT
Shopping Basket
%d blogueiros gostam disto: