PERUCHI
Notícias

O sonho, Por Ondino Lima Neto

Jornalista: Ondino Lima Neto
Jornalista: Ondino Lima Neto

 No início do ano de 1986 o então governador do Estado Júlio Campos (PFL), antes de renunciar ao cargo para disputar uma cadeira à Câmara Federal, lançou o tão sonhado asfalto que ligaria Alto Araguaia a Barra do Garças (280 Km). 

   Quem passava pela BR 364 visualizava no trevo da MT-100, uma enorme placa indicando a pavimentação asfáltica que ligaria os dois municípios. É lógico, que constava a logomarca do governo, prazo de conclusão e valores. 

   Com a renúncia de Júlio Campos, assumiu o Governo o seu vice Wilmar Peres que era ex-prefeito de Barra do Garças. Até aí tudo bem, todos acreditavam no tão sonhado chão preto. Não se falava em outra coisa na região.  

   Chegou o período eleitoral e Júlio Campos foi eleito o deputado federal mais votado do Estado, com 61.002 votos. Provavelmente com o meu, pois o meu pai era deputado estadual do mesmo partido e candidato a reeleição. 

    Após as eleições o inacreditável aconteceu, as máquinas que já haviam começado a terraplanagem, simplesmente abandonaram o canteiro de obras. O recém-eleito governador do Estado, Carlos Bezerra (PMDB), mandou parar tudo. 

    No seu governo, Bezerra fez a mesma promessa, colocou placas, começou as obras e também não concluiu. Passado quase 28 anos, eis que o tão sonhado asfalto volta a fomentar o desejo de uma região inteira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar