PROPRIEDADES EM DOCUMENTOS: Encontro discute medidas para avançar na regularização de imóveis em Alto Araguaia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

PROPRIEDADES EM DOCUMENTOS

O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo Melo (PSB), acompanhado do secretário de Administração Manoelito dos Dias Rezende; do procurador jurídico José Rubens Falbota e do coordenador de Tributos Willengarg Elias de Oliveira, estiveram reunidos na manhã dessa quarta-feira (14) com a oficiala registradora do Cartório do 1ª Ofício Suelene Cock Corrêa. O objetivo do encontro foi debater ações e instituir parcerias com foco regularização fundiária urbana, um dos maiores gargalos na cidade. A cooperação entre a Prefeitura e Cartório é vista pelo chefe do Executivo como o caminho mais viável para realizar o sonho de centenas de famílias, que há quase duas décadas aguardam pela documentação dos imóveis.

A ideia do prefeito Gustavo Melo é criar um amplo programa com ações focadas na regularização fundiária. De acordo com levantamento do Setor de Tributos, Alto Araguaia possui cerca de 9 mil imóveis, sendo que destes cerca de 2,5 mil não possuem qualquer tipo de documentação. Este passivo foi provocado devido as sucessivas criações de novos bairros sem qualquer política pública voltada para as localidades já existentes, o que gerou esse passivo de regularização. Os bairros Aeroporto, Nossa Senhora Aparecida e Professora Maria das Graças de Souza Pinto, por exemplo, são os mais populosos e com maior número de imóveis sem documento.

A histórica falta de políticas públicas de regularização fundiária urbana impacta não apenas na dignidade das pessoas, mas também na economia, uma vez que não é possível a obtenção de créditos junto a instituições bancárias para melhorias necessárias, como reforma ou ampliação, ou mesmo financiar a venda do bem.

“Foi uma reunião muito importante. A oficiala registradora Suelene Cock Corrêa nos trouxe muitas informações e prontamente se dispôs a contribuir para que Alto Araguaia avance na regularização dos imóveis. No passado, faltaram políticas públicas focadas neste tema e interesse social para buscar uma solução, que com o passar dos anos se agravou. Quero dizer à Suelene que fiquei extremamente satisfeito e ainda mais otimista ao saber da aptidão e paixão que nutre pela questão fundiária. Tenho certeza que vamos avançar muito e realizar o sonho de centenas de famílias que há anos aguardam a regularização de seus imóveis”, disse o prefeito.

 

Shopping Basket
%d blogueiros gostam disto: