Notícias

Reeducandos de Alto Araguaia confeccionarão 3 mil uniformes para alunos da rede municipal de ensino

Prefeitura comprou, com recursos próprios, tecidos e materiais para confecção das peças

Material possibilitará confecção de cerca de 3 mil uniformes

Reeducandos da cadeia pública do município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá) serão os responsáveis por confeccionar cerca de 3 mil uniformes para atender alunos da rede municipal de ensino. Nesta segunda-feira (5) uma rápida cerimônia na unidade marcou a entrega do material para confecção das peças por meio do Projeto Educando para Ressocializar, na atividade de corte e costura. A ação será desenvolvida em parceria entre a Prefeitura, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh/MT), Poder Judiciário e Ministério Público.

O corte e a costura de uniformes são rotina para alguns reeducandos, segundo informou o diretor da unidade prisional, Djalma Alves de Souza Júnior. Em 2018, 15 recuperandos integram o projeto. “Foram entregues todos os materiais e ainda tiveram mudanças para agilizar a confecção destas camisas e bermudas. São 15 recuperandos que tem condições de produzir 80 uniformes por dia”, prevê ele.

Ao desenvolver a atividade, os detentos recebem a chamada remição da pena. Em contrapartida, o projeto contribui com cerca de 1,6 mil estudantes do município de Alto Araguaia lotados em 10 escolas da zona urbana e rural.

“Os presos vão confeccionar os uniformes com os equipamentos que estão à disposição da cadeia pública. Em contrapartida, receberão remissão de pena. Cada três dias trabalhado será descontado um dia da pena. O Ministério Público agradece a Prefeitura pela parceria, que além de promover economia aos cofres públicos, visa ressocializar, trazer uma oportunidade aos presos de aprender um ofício e sair da cadeia, provavelmente, uma pessoa inserida na sociedade, trabalhando e desenvolvendo o seu papel de maneira digna”, disse o promotor de Justiça Rodrigo Ribeiro Domingues.

A previsão é que sejam investidos, em recursos próprios da Prefeitura, R$ 39.580,00 na compra de materiais para confecção dos uniformes, incluindo linha e tecidos. Não foi estipulado um prazo fixo para entrega, mas assim que um número significativo de peças estiver pronto serão entregues gradativamente nas unidades de ensino.

“É uma parceria importante que traz economia aos cofres públicos. A Prefeitura adquiriu toda malha e agora todos os reeducandos da cadeia pública confeccionarão os uniformes. Temos que agradecer essa importante parceria. Serão aproximadamente 3 mil uniformes. Os alunos da rede municipal receberão dois uniformes e até o quinto ano receberão uma bermuda”, ressaltou o prefeito Gustavo Melo (PSB).

 

Marcos Cardial | Assecom/AIA |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar