DestaquesNotícias

UAB realiza pesquisa para definir novos cursos de graduação e pós-graduação em Alto Araguaia

Intenção é mapear demanda para abertura de novos cursos no polo. Arte: Réulliner Rodrigues

O polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) do município de Alto Araguaia (Sudeste de Mato Grosso) lançou, nesta quarta-feira (7), uma pesquisa para mapear a demanda e nortear a possibilidade de abertura de novos cursos de graduação e pós-graduação para 2018 em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

O último levantamento foi realizado em 2014. À época garantiu a chegada de cinco cursos de graduação e sete cursos em pós-graduação na modalidade de educação à distância. Cerca de 400 acadêmicos são atendidos pelo polo da UAB de Alto Araguaia. A pesquisa, à disposição no site oficial da Prefeitura de Alto Araguaia (altoaraguaia.mt.gov.br) e nas redes sociais, tem por objetivo ampliar a oferta de ensino com a abertura de novos cursos e garantir a permanência dos cursos já existentes na instituição.

O coordenador da UAB em Alto Araguaia, professor Eder Vicente de Sousa Silva, reforçou que a participação da comunidade é importante na busca por novos cursos em graduação e pós-graduação, primando por uma política de ensino superior.

O levantamento é simples. São cinco etapas. A primeira é um simples cadastro com e-mail e dados pessoais. A próxima etapa é a indicação de até três cursos que gostaria de fazer. A terceira e quarta etapas são opções de quais cursos de licenciatura e bacharelado gostaria de cursar, respectivamente. Por fim, o último questionamento é sobre cursos de especialização. Para concluir a pesquisa é necessário optar por um dos cursos listados na pesquisa.

“O levantamento serve para avaliar quais cursos tem mais demanda por parte da comunidade. É um diagnóstico. A participação é bastante simples e imprescindível”, disse o coordenador.

 

Marcos Cardial | Assecom/AIA |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar